O impacto da pandemia Coronavírus no setor aéreo

Qual o impacto no setor aéreo com essa pandemia ?

Em tempos difíceis, o impacto econômico no setor da aviação com a pandemia que estamos enfrentando em todo o mundo é o maior de todos.

A crise está afetando todas as companhias aéreas e o setor econômico do turismo, prejudicando empresas aéreas e agentes da aviação dependentes das empresas aéreas.

O forte impacto está afetando este setor em nível global, incluindo as companhias aéreas e as passagens aéreas.

A Organização de Aviação Civil Internacional das Nações Unidas orientou as companhias aéreas para não cessarem os transportes de cargas, incluindo especialmente o transporte de equipamentos críticos, medicamentos perecíveis e não perecíveis que ajudarão a combater o vírus.

A disseminação do coronavírus colocou toda a economia global e empresas aéreas em um estado de emergência sem precedentes.

As empresas aéreas podem sofrer um prejuízo estimado em até US$ 113 bilhões (R$ 523 bilhões) de receita este ano devido ao impacto desta pandemia, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA).

A epidemia causou estragos em grande parte das empresas, que, por causa do surto, foram forçadas a reduzir voos e cancelar temporariamente algumas rotas.

Em pouco mais de dois meses o impacto foi extremamente turbulento para as companhias e empresas de turismo, o setor sofreu uma queda drástica em meio a esta situação de calamidade que o mundo enfrenta.

A empresa aérea alemã Lufthansa informou mundialmente ser uma das empresas que mais sofreram com esta crise, sem um meio de ajuda das estatais ela teme não sobreviver em meio a essa pandemia.

A Qantas Airways solicitou a seus funcionários para tirarem licença em meio a esta crise, foram cerca de 30 mil funcionários.

A companhia aérea holandesa KLM informou mundialmente que cortará até 2 mil empregos ao combater a crise da pandemia do coronavírus e anunciou mais medidas de redução de custos como redução da carga horária de seus funcionários.

No Brasil, as ações das principais companhias aéreas registraram forte queda devido ao temor com o coronavírus e a alta do dólar. 

A Latam cancelou temporariamente os voos para Milão, na Itália, e permitiu a remarcação gratuita das passagens.

Em resumo, a maioria das companhias aéreas de todo o mundo estão sofrendo com a crise, principalmente no setor econômico mundial, que neste caso, é um dos maiores.

As ações para combater a crise econômica começaram a ser adotadas pelos responsáveis econômicos de cada país e com otimismo e união conseguiremos passar por este período de calamidade, e sobreviver economicamente.

fonte

https://g1.globo.com/

https://economia.uol.com.br/

https://noticias.r7.com/

https://www.bbc.com/

https://exame.abril.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat