Copiloto – Conheça suas atribuições

Você conhece as atribuições de um Copiloto ?

Como a grande maioria sabe, são necessários um piloto e um copiloto na cabine de comando, porque um deve auxiliar o outro. Geralmente as pessoas os chamam de Piloto e Copiloto.

Mas o que vamos descobrir agora, é que simplesmente, são dois pilotos qualificados profissionalmente na cabine de comando, para que caso aconteça com um, o outro esteja pronto para operar a aeronave.

Entretanto, existe uma forma correta de denominar estes dois, a maioria naturalmente os chamam de piloto e copiloto, mas a maneira correta de chamá-los é: Comandante (piloto) e Primeiro Oficial (copiloto).

O nome “copiloto” pode ter surgido das corridas terrestres, como os ralis, onde um copiloto ajuda o piloto passando informações úteis, guiando e ajudando em diversas funções.

Na aviação não é bem assim que acontece, visto que o copiloto faz muito mais do que apenas passar informações e prestar suporte ao comandante.

Podemos afirmar que tanto um quanto o outro possuem o mesmo conhecimento técnico, a diferença geralmente aparece quando um dos pilotos possui mais horas de voo e a habilitação específica para ser piloto (comandante).

Diferenças entre eles

As principais diferenças entre o Comandante e o Primeiro Oficial é baseada na quantidade de responsabilidades e atribuições de cada um deles dentro da aeronave.

O Comandante naturalmente possui mais responsabilidades, são atribuídas a ele o comando das operações de voo e de segurança de um avião.

A função de copiloto é um estágio necessário e produtivo para todo aviador, que tem, nessa fase, a oportunidade de absorver os ensinamentos de comandantes com os mais diversos níveis e tipos de experiências. 

Ninguém é comandante sempre ou copiloto eternamente. As atuações se alternam. E não importa ser “bom copiloto” ou “bom comandante”. 

O mais importante é ser boa pessoa, bom colega, ter bom senso e profissionalismo, independente da posição ocupada na cabine. 

Ou seja, a boa atuação profissional será meramente resultado do caráter e da conduta dentro e fora do avião.

Ao contrário do que muitos pensam, controlar o avião não é uma atribuição exclusiva do comandante. 

Principalmente em voos mais longos, piloto e copiloto se alternam no comando da aeronave.

Na aviação existem funções técnicas utilizadas pelos controles de comando designadas de, “Piloto Voando” (Pilot Flying) e “Piloto Monitorando” (Pilot Monitoring). 

De acordo com a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), piloto voando é aquele que está efetivamente exercendo o controle direto da aeronave, seja manualmente ou através do sistema de automação. Não é necessariamente o comandante da aeronave.

A fórmula para o sucesso destes dois importantes cargos na aviação é baseada em atitudes positivas, sempre com mente aberta, para ser bem quisto pela tripulação.

fonte

https://economia.uol.com.br/

https://www.infoescola.com/

https://aeromagazine.uol.com.br/

https://pt.wikipedia.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat